Igreja Missionária Unida - Ipiranga
Igreja Missionária Unida - Ipiranga

As consequências das Circunstâncias


Pr. João Carlos De Oliveira

02/09/2012| Texto base: Lc: 24.13-35


Introdução:
Amados o texto declara que dois dos seus discípulos que não fazia parte dos apóstolos após a ressurreição de Cristo, estes dois homens estão indo de volta para uma aldeia chamada Emaús, eles iam conversando sobre os acontecimentos daquele ultimo fim de semana, tudo o que tinham visto presenciado, e até ouvido que Cristo havia ressuscitado, a Bíblia diz que então Jesus se aproxima deles e começa a conversar sobre os acontecimentos ocorridos naqueles dias, diz também o texto que seus olhos estavam impedidos de o reconhece-lo.
Amados quero usar este texto bíblico para tirar lições importantes para o fortalecimento da nossa fé em Jesus Cristo.
I- As circunstâncias nos faz retroceder. VS.13-14
Estão voltando para casa derrotados e desanimados.
Amados estes homens eram discípulos e sabiam tudo o que os profetas falaram a respeito do Salvador Jesus, e tudo que o próprio Cristo ensinou a eles e como iria acontecer a respeito do filho de Deus, conforme verso 19. Avisão nas circunstâncias mina a fé de prosseguirmos, nos tira do propósito de andarmos no sobrenatural da palavra de Deus.
II- As circunstâncias nos impedem de enxergarmos.v.16
Circunstancias nos deixam cegos e sem direção clara das coisas ou situações pelas as quais passamos.
Queridos o texto diz que Jesus estava face a face com eles, mas eles não conseguiam perceber-lo e muito menos identificar que era o próprio Cristo que estava ali, ficamos tão impressionado com os acontecimentos e situações a nossa volta, com coisas passageiras que tentam desviar e tirar a nossa atenção do Senhor. Começamos a agir e a pensar como se não tivemos esperança, entramos no desespero o pânico por certas coisas que saiu do nosso controle, estou falando sobre adversidades na área da saúde, do relacionamento conjugal e familiar, perda de um emprego, e crise financeira.

 

III- As circunstâncias define onde em quem estamos firmados.v.21.
Neste verso diz que nós esperávamos que fosse ele que redimiria a Israel, tal era a decepção destes discípulos, que tudo quanto viram e ouviram a respeito de Jesus ficou no passado, parece que as promessas tiveram um fim, amada igreja de seguidores de Cristo não podemos viver mais no âmbito natural e sim no espiritual. Se estivermos mergulhados nas situações e circunstâncias da vida, andando somente por vista, perderemos as bênçãos de desfrutar da companhia do Senhor. “IICo: 5.7,visto que andamos por fé e não pelo vemos”. “E Rm: 1.17 visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé”.
No passageiro ou no eterno, Rm: 1.17 “o justo viverá por fé”
O objetivo de Jesus nesta passagem era de encorajar e confortar seus seguidores, Jesus caminha com eles e explica de novo a sua palavra, entracom eles na casas deles e restabelece um novo ânimo, amados quantas vezes Jesus acudiu seus seguidores para que não perecessem. Jo: 14.1, Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. 
A bíblia diz que quando Jesus partiu o pão seus olhos abriram e eles oreconheceram, amados somente na comunhão com Cristo nossos olhos são abertos, e então seremos lavados e curados e saciados por sua presença, somente permanecendo nele e “não negociar” a vida que ele nos deu, vida abundante e de paz verdadeira. Quantos pessoas por causa de coisascircusntânciais tem abandonado a comunhão com Cristo e o servir ao senhor com alegria, eficácia e dinamismo, se deixaram morrer dia a dia, perderam a identidade de verdadeiro adorador e passaram a não enxergar o Senhor mais como único e suficiente salvador.
Conclusão: Amados objetivo do Senhor Jesus para as nossas vidas é que vivamos a sua vida. E jamais duvidar dele por causa de circunstâncias e adversidades nesta vida. Hoje é noite de voltamos de Emaús e ficarmos em Jerusalém, o verso 36 diz que Jesus apareceu no meio deles e lhes disse PAZ SEJA CONVOSCO.     “ELE ESTÁ CONOSCO”.


< voltar