Igreja Missionária Unida - Ipiranga
Igreja Missionária Unida - Ipiranga

Temor, manifestação de amor e consideração a Deus.


10/11/2009| Texto chave :Atos 10: 34 e 35


 Introdução:-
Somos muitas vezes tentados a pensar que Deus demonstra preferência a uma pessoa do que a outra, porque ao olharmos para a forma com que o homem age, imaginamos que também Deus assim o faz. O homem, principalmente aquele que está investido de autoridade, muitas vezes dispensa favores aos seus favoritos, age com parcialidade. Diante disso ao presenciarmos as bênçãos de Deus caindo sobre outras vidas, vem aquele questionamento:- “E eu Senhor?”, “Cadê a minha benção?”.
Na verdade a condição para sermos aceitos por Ele é:- Temê-lo e Fazer o que é justo.
      Tomemos como exemplo o texto de Êxodo 1:15-20 (Ler).

•    As parteiras hebréias recebem uma ordem do rei – vs 15 e 16

O rei abusando da sua autoridade quer usar “as parteiras” para assassinar e manter em segredo sua atitude criminosa. Perceba que a ordem veio de alguém com poder e por esse motivo deveria ser cumprida. Elas tinham consciência de que qualquer atitude contrária lhes traria conseqüências. Estavam diante de um grande problema, mas não questionaram, receberam a ordem sem discutir, mesmo não concordando no coração. Não brigaram nem discutiram, foram se fortalecer em Deus.

•    Por temerem a Deus, fizeram o que era justo aos olhos de Deus e não o que o rei lhes ordenou – vs 17.
Esse é o temor verdadeiro, capaz de influenciar uma atitude. No caso das parteiras o temor gerou “coragem”, levando-as a agir de modo justo, mesmo que isso fosse diferente a ordem recebida do rei.
O temor deve nos levar a obedecer a Palavra e por temê-lo desejamos mudança em nossas atitudes. Não aceitamos justificar nossos erros, escondendo atrás do nosso temperamento, ou erros dos outros, ou qualquer outra razão; simplesmente queremos fazer o que é justo.

•    Enfrentaram o questionamento do rei e foram honradas pelo Rei dos Reis – vs 19-21.
Você precisa crer que assim também será com você, toda vez que andar, agir pelo principio da Palavra você será honrado, guardado por Deus. Isso não significa que não seremos confrontados, cobrados; mas estejamos confiantes diante de qualquer confronto, firmados na Palavra que o Senhor nos honrará.

Gancho evangelístico:-
Esse é o temor que deve estar no nosso coração, não podemos apenas temer as conseqüências por ter errado, ou seja, “o castigo”. Mas é muito mais que isso, é fazer o que é certo, o que é “Justo”, por temer a Deus; considerando em primeiro lugar o que Ele diz ou pensa. O que Ele quer é que experimente a sensação de ser honrado por Ele. Oração e consolidação.

 


< voltar