Igreja Missionária Unida - Ipiranga
Igreja Missionária Unida - Ipiranga

O NORMAL DE DEUS NA VIDA DO CRENTE


Estudo Para A Igreja Em Celulas

13/07/2010|


Texto-chave: Jó 1:6-11 – Jó é um personagem bíblico que ficou conhecido pelo seu sofrimento. Por 40 capítulos vemos a calamidade que se abateu sobre sua vida e família e, assim, pensamos que sua vida se resumiu nisso. Entretanto, o sofrimento foi apenas uma prova na vida deste homem, que durou apenas alguns meses. O normal, a maior parte de sua vida, tanto antes quanto depois da crise, foi muita benção e felicidade. O próprio Satanás descreve essa condição no versículo 10, que era o normal de Deus na vida de Jó e deve ser o normal em nossas vidas!

1) SOMOS CERCADOS POR DEUS DE TODOS OS LADOS – vs. 10a – Quem lê o livro de Jó pode pensar que estamos sempre vulneráveis e que Satanás pode atacar-nos quando quer. Mas esse não é o normal. Ele mesmo reconhece que o Senhor havia cercado Jó com um sebe (uma cerca de proteção) e, para atacá-lo, precisava da permissão do Senhor – Leia I João 5:18.

2) DEUS ABENÇOA NOSSA FAMÍLIA – vs. 10 b – Satanás também reconheceu que a “casa” de Jó estava debaixo dos cuidados do Senhor, ou seja, sua família era abençoada. Jó constantemente orava por seus filhos (leia os vs. 5 e 6) e assim seu lar vivia em paz. Isso deve ser o normal de Deus também em nossas vidas.

3) DEUS PROSPERA NOSSOS BENS – vs. 10c – Outra realidade que Satanás reconheceu era que “tudo quanto Jó tinha” estava em segurança, Deus abençoava a obra de suas mãos (seu trabalho) e seus bens se multiplicavam. Isso nos ensina que a prosperidade faz parte do normal de Deus na vida de seus filhos.

4) DEUS NOS OBSERVA PARA DAR TESTEMUNHO DE NÓS – vs. 8a – Toda essa benção tinha um motivo: Deus se agradava de Jó, tanto que Ele mesmo dá testemunho a seu respeito. Isso deve nos levar a entender que os olhos de Deus nos observam todo o tempo.

5) NOSSA FIDELIDADE É QUE ATRAI A BENÇÃO DO SENHOR – vs. 8b – A vida abençoada de Jó provinha de sua fidelidade. Deus se refere a ele como “meu servo Jó” (ele servia ao Senhor, fazia o que Deus mandava). Além disso, o descreve como “íntegro, reto, temente e que se desvia do mal”. Certamente é um testemunho assim que faz com que a benção e a felicidade sejam o normal na vida de um homem.

Conclusão: Encerre a reunião convidando os presentes a fazerem uma aliança com Cristo. Proponha a seguinte questão: Se Satanás desafiasse a Deus em relação à sua vida, Deus diria que você o serve com integridade, retidão, temor e santidade? Se Deus não puder dizer isso de você, tampouco haverá uma cerca que o proteja. Assuma hoje uma nova postura diante do Senhor.


< voltar