Igreja Missionária Unida - Ipiranga
Igreja Missionária Unida - Ipiranga

Preservando a unidade


12/06/2012|


 

Texto:  Gênesis 4; 1 Cor 11:30; Col 3 :14
 
Preservando a unidade
 
Estamos neste ano trabalhando o tema UNIDADE e para que isto aconteça em nosso meio precisamos desenvolver a comunhão entre os irmãos. Não há Unidade se não houver comunhão entre os irmãos.
A liderança da Igreja Missionária Unida Ipiranga deseja que cada membro se relacione uns com os outros, que aprendamos a valorizar o corpo de Cristo, e para isto é importante que comecemos em casa, aqui entre nós.
 
1- Relacionamentos Quebrados
Em Gênesis 4 encontramos o relato do assassinato de Abel por Caim.
Porque Caim não ouviu a advertência de Deus? 
Quando uma pessoa erra, o que demonstra atitude de arrependimento?.
 
Caim enganou seu irmão, mas não enganou a Deus. 
A pessoa que se deixa dominar pelo pecado se torna individualista não quer ser questionada de suas ações e pouco se importa com seu irmão. 
 
2 – Discernindo o Corpo de Cristo
“Disse o Senhor a Caim: “Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; acaso sou eu guardador do meu irmão?” (Gn 4:9).
É preciso discernir o Corpo de Cristo. Somos uma grande família e Deus nos vê responsáveis uns pelos outros. Você é parte do corpo de Cristo. 
Quem não discerne o corpo de Cristo está enfermo espiritualmente, ou é imaturo e não se importa com a  unidade da igreja. Somos membros uns dos outros.
Paulo alerta que aquele que não discerni o Corpo de Cristo,  adoece, é fraco ou já morreu, 1 Cor 11:30. 
 
Relacionando figuradamente ao corpo, que membro você seria no corpo? E por que?
Você está fazendo sua parte no corpo de Cristo?
 
3- Responsáveis por manter a Unidade
Relacionando-se em amor.  O Amor cobre multidão de pecados.. 
Arrependendo-se e perdoando-se  Ats 3:19  Não é possível viver em igreja sem perdoar, onde reina o perdão se cultiva o amor.
Vivendo a Unidade da fé: Col 3 :14 BV   Acima de tudo, deixem que o amor dirija a vida de vocês, porque assim toda a igreja permanecera unida em perfeita harmonia.
 
Concluindo
Deus espera que cuidemos uns dos outros, como uma grande família.
 

< voltar